Familiares de policial rodoviário promovem atos em Maceió e Santana.

061.jpg

Devido à proximidade do julgamento do acusado de matar o policial rodoviário federal Luiz de Gonzaga Pereira Santos, assassinado em serviço na BR-423, em Ouro Branco, Sertão de Alagoas, em maio de 2015, crime que comoveu a sociedade alagoana e teve repercussão nacional, os familiares e amigos do policial promovem dois atos públicos, um em Maceió e outro em Santana do Ipanema.

O julgamento de Jeová Rodrigues de Lima está marcado para o próximo dia 23 de agosto, a partir das 9 horas, no Fórum de Santana do Ipanema. Para chamar atenção da sociedade quanto à necessidade de justiça para crimes dessa natureza, a família, amigos e colegas de trabalho do policial promovem dois atos chamados Luta por Justiça e Marcha por Justiça, respectivamente.

O primeiro acontece no próximo domingo, dia 14 de agosto, na Praia de Ponta Verde (na Rua Fechada), das 9 às 12 horas, na capital. Já no dia 20 de agosto, às 10 horas, a mobilização concentra-se na Praça Dr. Adelson Isaac de Miranda (antiga Praça da Bandeira), em Santana do Ipanema e segue pelas principais ruas da cidade.

“Trata-se de ato em solidariedade e apoio a nós familiares, amigos e colegas, mas acima de tudo, será um gesto de gratidão e reconhecimento por toda doação, dedicação, amor e prestação de serviços oferecidos pelo meu pai durante sua trajetória de vida e compromisso com a sociedade alagoana”, resume Larissa Fontes Pereira, filha do policial.

Fonte: Alagoas na net.

0
Your rating: None